Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Tecnologia Educacional

Audiência pública apresenta modelo de Guia de Tecnologias Educacionais

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 23 Fevereiro 2018 17:49
Audiência pública apresenta modelo de Guia de Tecnologias Educacionais

MEC e FNDE tiraram dúvidas e explicaram o processo de seleção dos produtos que serão utilizados

Na tarde desta quinta-feira, 22, o Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) apresentaram o novo modelo de edital do Guia de Tecnologias Educacionais, na sede do FNDE, em Brasília. A apresentação, que foi transmitida ao vivo na internet, por meio do perfil do FNDE no YouTube, também explicou como será o processo de seleção das tecnologias a serem usadas nas escolas públicas brasileiras.

Na abertura da audiência, o chefe de gabinete do FNDE, Rogério Lot, esclareceu o objetivo do novo projeto: “Esse guia é a evolução de todo um trabalho, ele tem o foco de disseminar a tecnologia para o corpo docente e discente e também para os gestores da educação, a fim de incentivar a evolução tecnológica”, explicou.

Durante a apresentação das especificações técnicas, o secretário de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares da Silva, reforçou que o guia tem como principais objetivos aprimorar o processo de ensino e aprendizagem nas escolas públicas de educação básica, garantir o padrão dos materiais escolares e facilitar a contratação de tecnologias educacionais para a melhoria do ensino no país.

Uma das prioridades, segundo o secretário, é que os materiais sejam acessíveis a todos os alunos e alcancem todas as áreas da educação. Além disso, a tecnologia apresentada deve ser replicável e autocontida, ou seja, vai possuir todos os recursos necessários para sua execução.  Essas tecnologias podem ser digitais ou não e precisam ter um guia de orientações didáticas para que os alunos aprendam a utilizar o produto.

Até o momento, o modelo de guia possui 23 categorias e os projetos que irão compor o documento devem entrar em uma das duas tipologias apresentadas durante a audiência: Tecnologia Educacional Emergente, que abriga os produtos que ainda não foram testados, mas já possuem um protótipo em fase de experimentação e prontos para um projeto piloto; e Tecnologia Educacional Em Ação, em que o produto já foi testado e tem evidências de sucesso dentro das redes de ensino de educação básica no território nacional.

Veja aqui as fotos da audiência pública. (Fotos: Ascom/FNDE)

Fim do conteúdo da página