Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Financiamento Estudantil

FNDE abre prazo para renovação de contratos do Fies

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 08 Agosto 2018 10:33
FNDE abre prazo para renovação de contratos do Fies

Cerca de 890 mil contratos devem ser aditados neste semestre

Estudantes que contrataram o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) até 31 de dezembro de 2017 já podem renovar seus contratos por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies). O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) informa que o prazo ficará aberto até 31 de outubro. Os alunos que querem transferência de curso ou instituição ou vão pedir dilatação do financiamento têm até o dia 30 de setembro para fazer a solicitação.

Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre.  O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para depois as informações serem validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre cerca de 890 mil contratos devem ser renovados.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação.  Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Novo Fies – Estudantes que ingressaram no Fies a partir de 2018 já entraram em um novo sistema de financiamento. O Novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, em que o programa está dividido em várias modalidades diferentes que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato. Mais informações sobre o novo modelo podem ser obtidas na página do Fies.

É importante esclarecer que a Lei 13.530, de 07 de dezembro de 2017, atribuiu à Caixa Econômica Federal a função de Agente Operador do Novo FIES. Sendo assim, os aditamentos de contratos firmados em 2018 seguirão cronograma a ser divulgado pela Caixa.

Fim do conteúdo da página