Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Primeira Infância

FNDE participa dos Diálogos da Ibero-América, com o tema Primeira Infância

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quinta, 06 Setembro 2018 09:53
FNDE participa dos Diálogos da Ibero-América, com o tema Primeira Infância

Promovido pela OEI, evento aconteceu nesta quarta-feira, 5, em Brasília

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, participou nesta quarta-feira, 5, da abertura do seminário “Diálogos da Ibero-América: Primeira Infância”, promovido pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI). Aberto ao público, o evento teve como objetivo discutir os desafios e avanços para a primeira infância, entendendo que esta fase da vida é determinante para a formação das noções de sentido, socialização, comportamento e habilidades cognitivas. Além de autoridades do Ministério da Educação e Ministério do Desenvolvimento Social, também participaram integrantes da OEI da Argentina, Chile e Colômbia, gestores de educação estadual e municipal, além de integrantes de organizações do terceiro setor.

O diretor da OEI no Brasil, Raphael Callou, reforçou a importância de reunir os mais diversos atores para debater o tema. “A gente entende que no Brasil ainda existe uma necessidade muito forte de bons modelos e bons exemplos, que possam ser replicáveis. Portanto, na intenção de colaborar com esse processo, a OEI está trabalhando num projeto piloto que vai abraçar temas como gestão da rede, gestão pedagógica e diversificação de projetos de infraestrutura, em que serão selecionados três municípios brasileiros para integrar um piloto que, posteriormente, constituirá manual, na intenção que seja uma política publica replicável, tendo como foco principal atender à meta numero 1 do Plano Nacional de Educação, que é universalizar o ensino de 4 a 5 anos e o atendimento de 50% das crianças de 0 a 3 anos até 2024”.

Silvio Pinheiro também destacou o papel que o FNDE exerce na execução de políticas voltadas para a primeira infância. “Entre os programas e ações que executamos no FNDE, e que conversam diretamente com o atendimento à primeira infância, está a construção de creches e pré-escolas. Temos feito um trabalho incansável na orientação técnica de gestores para que todos consigam entregar suas obras. O desafio é imenso e entre outras inciativas, estamos realizando, nesse momento, um processo de busca ativa aos municípios que têm obras inacabadas, ligando pros gestores e orientando cada um sobre como retomar essas obras. Nosso objetivo é conseguir entregar equipamentos que já tinham recursos empregados e estavam abandonados. Ou seja, se não forem retomados, o recurso se perde e a comunidade não recebe o benefício. Então é nosso papel tentar atender de forma satisfatória todas essas crianças”.

Durante todo o dia aconteceram mesas redondas que abordaram diferentes temas relacionados à primeira infância. Dentre eles, os marcos legais e seus impactos na educação infantil; experiências de intersetorialidade; e modelos inovadores para a gestão da primeira infância. Questões relacionadas ao monitoramento e avaliação, além da qualidade nos atendimentos educacionais ao segmento infantil também estiveram na pauta do seminário.

Fim do conteúdo da página