Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Alimentação escolar

Brasil e PMA discutem cooperação Sul-Sul em Roma

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 26 Novembro 2018 19:10
Brasil e PMA discutem cooperação Sul-Sul em Roma

O evento, que debateu as contribuições da cooperação Sul-Sul para a Agenda 2030, foi realizado em paralelo ao Conselho Executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU

A experiência brasileira do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) teve espaço de destaque, na tarde desta segunda-feira, durante encontro paralelo ao Conselho Executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA), no evento “Diálogo de Alto Nível sobre a Contribuição do Brasil para o Aprimoramento da Cooperação Sul-Sul no Marco da Agenda 2030: O caso nacional de alimentação escolar sustentável".

O evento paralelo, organizado em Roma pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP, na sigla em inglês) e o Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE), teve como objetivo debater as lições aprendidas na implementação das iniciativas de cooperação técnica trilaterais implementadas conjuntamente pelo Brasil e pelo Centro de Excelência da ONU, e os resultados alcançados por meio desta parceria inovadora. 

Também fizeram parte da agenda de discussões as contribuições brasileiras para a Agenda 2030 por meio do cooperação técnica trilateral; o avanço das políticas de alimentação escolar no continente africano, por meio dos projetos implementados pela ABC e pelo Centro de Excelência; a experiência da parceria com a União Africana para avançar a agenda da alimentação escolar em todo o continente; além de fornecer reflexões sobre estes arranjos de parcerias para a “Segunda Conferência de Alto Nível das Nações Unidas sobre Cooperação Sul-Sul” (BAPA + 40), que será realizada em 2019, em Buenos Aires, na qual estarão presentes os principais atores globais responsáveis pela implementação da cooperação Sul-Sul no mundo

Parceria Brasil - PMA

A parceria estabelecida entre o Brasil, por meio da ABC e do FNDE, e o PMA resultou na criação do Centro de Excelência contra a Fome, estabelecido em 2011, e alcançou importantes resultados no continente africano, tanto a nível nacional quanto regional. 

A iniciativa conjunta em Alimentação Nacional Escolar Sustentável (SNSF), por exemplo, mostra a importância dos programas, fundos e agências especializadas do Brasil e das Nações Unidas para o desenvolvimento sustentável e inclusivo de programas nacionais de alimentação escolar.

O Centro de Excelência tornou-se um centro global de referência no tema e na construção de conhecimento, desenvolvimento de capacidades e diálogo político sobre alimentação escolar. Ao facilitar o compartilhamento da experiência brasileira com a alimentação escolar no exterior, o Centro apoia os países em seus esforços para estabelecer e aperfeiçoar seus próprios programas.

Desde a sua criação, o Centro, a ABC e o FNDE já compartilharam as experiências brasileiras com quase 30 países na implementação de programas de SNSF, que ajudam a promover o aumento do número de crianças que recebem refeições equilibradas no globo. Hoje, 28 governos ao redor do mundo já fomentam políticas nacionais e iniciativas legais de alimentação escolar.

O PNAE é um dos mais antigos e maiores programas de alimentação escolar do mundo. O Programa, coordenado pelo FNDE e implementado por instituições dos níveis estadual e municipal, tem inspirado outros países em desenvolvimento a buscarem aprimorar e ampliar as suas práticas e políticas no tema.

Atualmente, a iniciativa atende diariamente mais de 41 milhões de crianças e adolescentes em todo o Brasil. Durante o evento paralelo, o Ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, que estava presente, destacou que o PNAE “é um dos programas estruturantes da política nacional de segurança alimentar e nutricional do nosso país”.

Autor: Comunicação/ Agência Brasileira de Cooperação (ABC)

Fonte: MDS e ABC

Fim do conteúdo da página