Imprimir esta página
2016

Camocim, no Ceará, inaugura nova creche do Proinfância

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 01 Fevereiro 2016 12:31
Camocim, no Ceará, inaugura nova creche do Proinfância Vando Arcanjo/Prefeitura de Camocim

A cidade de Camocim (CE), situada a cerca de 350 km de Fortaleza, ganhou na última sexta-feira, 29, uma nova creche. O Centro de Educação Infantil Professora Rejane Maria Brito de Sousa é a segunda unidade concluída no município com recursos federais por meio do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância).

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Idilvan Alencar, esteve presente à cerimônia de inauguração e ressaltou a importância da construção de novas creches para o país. “O FNDE está empenhado em ajudar os municípios a alcançarem a meta número um do Plano Nacional de Educação”, enfatizou.

A meta se refere a universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de quatro e cinco anos de idade e ampliar a oferta de educação infantil em creches, de forma a atender, no mínimo, 50% das crianças de até três anos até o final da vigência do plano, em 2020.

A nova unidade em Camocim é do Tipo C, com capacidade para atender 120 crianças em dois turnos ou 60 em turno integral. O investimento na obra foi de R$ 619 mil. Em junho do ano passado, também foi concluída no município, por meio do Proinfância, a creche Dona Lindu, do Tipo B, capaz de atender 240 alunos em dois turnos e 120 em turno integral.

O Proinfância tem o objetivo de prestar assistência financeira aos municípios para garantir o acesso de crianças a creches e escolas de educação infantil da rede pública. As unidades construídas são dotadas de ambientes essenciais para a aprendizagem das crianças, como: salas de aula, sala multiuso, sanitários, fraldários, recreio coberto, parque, refeitório, entre outros ambientes, que permitem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação, além das administrativas e de serviço.