Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Programas do livro

Prazo para escolha do livro didático vai até 12 de agosto

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Terça, 28 Junho 2016 15:05
Prazo para escolha do livro didático vai até 12 de agosto Pedro Rappoport/FNDE

Professores, diretores e coordenadores educacionais das redes públicas de ensino já podem escolher os livros didáticos que serão utilizados pelos alunos dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) a partir do próximo ano letivo. Por conta das Olimpíadas, que causaram modificações no recesso escolar de muitas redes, o prazo para a escolha será alongado este ano – vai desta terça-feira, dia 28, até 12 de agosto.

Para auxiliar na escolha, o FNDE disponibilizou, em seu portal eletrônico, o Guia de Livros Didáticos 2017, que contém resenhas e informações das coleções aprovadas para o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Com o guia em mãos, docentes e demais servidores envolvidos no processo podem conhecer melhor as obras disponíveis e selecionar as mais adequadas ao processo pedagógico de cada escola. Depois disso, basta entrar no sistema eletrônico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e formalizar a escolha.

Nesta edição do PNLD, serão selecionadas coleções didáticas que englobam todos os componentes curriculares dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano): língua portuguesa, matemática, língua estrangeira moderna (inglês e espanhol), ciências da natureza, história, geografia e arte.

A coordenadora-geral dos Programas do Livro do FNDE, Sonia Schwartz, alerta que foram aprovadas várias coleções de cada componente curricular e aproveita para reforçar a importância dos debates entre os professores para escolher a melhor opção de cada disciplina. “Ao todo, foram aprovadas seis coleções de língua portuguesa, 11 de matemática, 13 de ciências, 11 de geografia, 14 de história, cinco de inglês e três de espanhol. Além disso, é a primeira vez que o PNLD vai atender a disciplina de artes, com duas coleções disponíveis para escolha.”

O registro da escolha deve ser feito pelo diretor da escola no Sistema PDDE Interativo. Por essa razão, este ano não será encaminhada carta com senha, para formalizar a escolha. Caso algum diretor ainda não tenha acesso a esse sistema, deverá entrar em contato com sua secretaria de educação para solicitá-lo.

Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de coleções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da primeira opção, o FNDE negociará as obras da segunda opção. Caso a escola não queira receber livros de algum componente, basta manter a indicação inicial do sistema: “Não desejo receber livros deste componente”. Ou seja, se registrar escolha para alguns componentes e deixar de marcar em outros, só receberá os livros que escolheu. Se gravar a escolha sem marcar nenhum componente, não receberá qualquer obra.

Por outro lado, se o colégio não acessar o sistema ou não registrar opção em nenhum momento, será encaminhada, compulsoriamente, uma das coleções aprovadas de cada componente curricular.

Negociação – Após trabalhar os dados sobre os pedidos feitos por escolas públicas de todo o país, o FNDE negocia a aquisição das obras com as editoras e, em função da escala da compra, consegue preços bem abaixo dos praticados no mercado. A previsão é de comprar cerca de 79 milhões de exemplares em benefício de 10,5 milhões de alunos dos anos finais do ensino fundamental.

Fim do conteúdo da página