Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2016

FNDE e Ministério do Planejamento assinam nota técnica para implementação do Plano de Ação

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 05 Dezembro 2016 14:07
FNDE e Ministério do Planejamento assinam nota técnica para implementação do Plano de Ação

Documento foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Gastão Vieira, e o secretário de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Augusto Akira Chibam, assinaram na última sexta-feira, 2, Nota Técnica complementar ao Plano de Ação do FNDE que foi enviado ao Tribunal de Contas da União em setembro de 2016. Entre os temas tratados no documento, estão a diminuição do passivo de prestação de contas sem análise conclusiva, sistematização de processos e estratégias para ampliação do quadro de servidores.

O presidente Gastão Vieira falou sobre os três grandes eixos identificados no Plano. “Os viabilizadores de processos, as capacidades organizacionais e as capacidades institucionais precisam ser observadas para se ter compreensão do problema como um todo. A partir daí é que pudemos elencar os principais pontos a serem observados no Plano de Ação para desenvolver a estratégia de atuação. Elaborando, em conjunto com o Ministério do Planejamento, uma proposta sólida no sentido de solucionar os problemas que enfrentamos no FNDE. Esse sempre foi nosso maior desafio, desde que chegamos aqui e agora estamos vendo a solução tomar corpo”, concluiu.

Os principais pontos observados no Plano de Ação acerca de prestação de contas foram: o volume gerado ao longo dos anos; a situação da quantidade de pessoal disponível para atuar nas atividades de análise técnica e financeira; e a necessidade de desenvolvimento de soluções tecnológicas para agilizar os procedimentos de análise.

Durante a assinatura, o secretário Augusto Chiban falou sobre o protagonismo da nova forma de trabalhar. “Esse novo jeito de atuar, de forma conjunta e orquestrada, nós inauguramos aqui no FNDE, em parceria com o presidente Gastão Vieira, que tem uma visão moderna de gestão. Em relação à otimização de trabalho proposta, a direção é que as pessoas precisam desempenhar atividades que agregam valor. O restante, temos que automatizar. Estamos mudando a forma de enxergar os processos, portanto mudando também a forma de trabalhar”, ressaltou. O secretário falou ainda sobre reproduzir a experiência do FNDE em outros lugares. “É preciso encarar as dificuldades que os órgãos do governo federal enfrentam de forma criativa. Nós vamos levar essa nova forma de se planejar, como fizemos aqui, para outras instituições. Tivemos muito sucesso nessa parceria com o FNDE e esperamos que em outros lugares tenhamos o mesmo sucesso que tivemos aqui”, concluiu.

Agora o Plano de Ação segue para análise do Tribunal de Contas da União, que deve se pronunciar a respeito nos próximos meses.

 
Fim do conteúdo da página