Informáções Técnicas: Para o funcionamento de todas as funções desse portal, é necessária a utilização de JavaScript.
Segunda, 19 Junho 2017 17:17

Presidente do FNDE recebe Ministro de Botsuana

Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Delegação do país africano veio ao Brasil para conhecer o PNAE

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Silvio Pinheiro, recebeu nesta segunda-feira, 19, o ministro de Assuntos Presidenciais, Governança e Administração Pública de Botsuana, Eric Molale, acompanhado da embaixadora de Batsuana no Brasil, Bernardete S. Rathendi.  A missão da delegação botsuanesa no Brasil se dá em prosseguimento a entendimentos mantidos entre os dois países e busca conhecer programas brasileiros de combate à fome e à pobreza, bem como mecanismos de promoção de desenvolvimento e de segurança alimentar e nutricional para a população.

“Queremos conhecer e aprender com vocês sobre a gestão e execução da alimentação escolar brasileira, para que possamos levar esta experiência e adaptá-la a nossa realidade. Nossa intenção é melhorar ainda mais a qualidade da alimentação das crianças do nosso país.” elucidou Eric Molale, acrescentando que o Brasil é referência para os países africanos neste aspecto.

Silvio Pinheiro lembrou que o FNDE já firmou termos de cooperação com mais de 20 países na América, África e Ásia para compartilhar a experiência da alimentação escolar, e que a instituição está de portas abertas para receber todos que desejam conhecer este programa exitoso. “O governo brasileiro se orgulha de ter um programa que atende mais de 41 milhões de estudantes todos os dias. Pelo seu tamanho e importância, o PNAE se tornou referência mundial e eu me sinto muito feliz toda vez que sou convidado a partilhar esta experiência. Recentemente estive na China levando nossa expertise e trazendo também o aprendizado que tivemos por lá. Hoje estamos aqui, mais uma vez, partilhando, ensinando e aprendendo com vocês para melhorar ainda mais a qualidade das refeições e, por consequência, da educação de nossos estudantes” concluiu.

Durante o encontro, o diretor do Centro de Excelência contra a Fome da ONU, Daniel Balaban e a coordenadora geral do Programa Nacional de Alimentação Escolar, Karine Santos, apresentaram a política de alimentação escolar do Brasil e esclareceram dúvidas relacionadas à execução, às responsabilidades de cada uma das instituições envolvidas no processo e também sobre a importância da participação social em todo o processo, desde a definição da aquisição dos gêneros alimentícios, até a prestação de contas do programa. Daniel Balaban elucidou ainda a importância da exigência de se adquirir ao menos 30% dos produtos da alimentação escolar de agricultores familiares. “Esta medida fomentou a produção local e elevou o nível de desenvolvimento dos municípios brasileiros.”

A delegação de Botsuana também estava representada pelo Diretor Senior do Ministério de Assuntos Presidenciais, Governança e Administração Pública de Botsuana , Elliot Odirile; o Secretário do Conselho Rural de Desenvolvimento, Stanley Makosha; o Diretor do Ministério da Agricultura, Galeitsewe Ramokapane; o Diretor-Geral do Ministério de Assuntos Presidenciais, Governança e Administração Pública, Kabo Dikolobe; e o Engenheiro-Chefe de Comunicações, Calvin Goletswe.

Avalie este item
(0 votos)

Enviar notícia por e-mail

Fechar

Para enviar esta notícia basta preencher o formulário abaixo e clicar em "Enviar".

Os campos marcados com um asterisco são obrigatórios.

Fechar [x]