Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Alimentação escolar

FNDE discute projetos de cooperação internacional na área de alimentação escolar

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Terça, 28 Mai 2019 14:13
FNDE discute projetos de cooperação internacional na área de alimentação escolar

Reunião ocorreu na sede da Agência Brasileira de Cooperação

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli, participou de reunião na última sexta-feira, dia 24, com representantes da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores, na sede da ABC, em Brasília. O objetivo foi de conhecer mais profundamente os acordos de cooperação internacional do governo brasileiro na área de alimentação escolar.

Coordenado pelo FNDE, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) é considerado referência mundial na área, sendo modelo para a implementação de programas similares em dezenas de países ao redor do mundo. Atualmente, o FNDE oferece assistência técnica em projetos de cooperação sul-sul, mediados pela ABC, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO-ONU) e o Centro de Excelência contra a Fome, ligado ao Programa Mundial de Alimentos (PMA-ONU).

Segundo o presidente do FNDE, o encontro com o diretor-adjunto da ABC, Embaixador Demétrio Bueno Carvalho, e a coordenadora de Projetos, Cecília Malaguti, também serviu para discutir novas ações e projetos internacionais. “Temos de aproveitar toda essa experiência que o Pnae possui para apoiar outros países na implementação de programas de alimentação escolar sustentáveis, que fazem a junção de alimentação saudável, educação alimentar e desenvolvimento regional”, afirmou Decotelli.

Em 2018, a parceria com a FAO apoiou ações em 13 países da América Latina e Caribe. Ao longo dos anos, 20 das 33 nações da região já foram beneficiadas no âmbito desta cooperação. A parceria com o Centro de Excelência Contra a Fome prestou assistência técnica a 17 países da África e da Ásia no ano passado. Desde o início do acordo com o FNDE, 30 nações desses dois continentes foram favorecidas.
Também participaram de reunião na ABC o diretor de Ações Educacionais do FNDE, Arcione Viagi, e a coordenadora-geral do Pnae, Karine Silva dos Santos.

Fim do conteúdo da página