Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Gestão educacional

FNDE e Projeto Rondon iniciam parceria para aprimoramento da gestão educacional

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 10 Julho 2019 17:47
Da esquerda para a direita: Adalberto Domingos da Paz, General José Eduardo Leal, Vice-Almirante Barros Coutinho, Luís Bragança e Pedro Ivo Dapper Da esquerda para a direita: Adalberto Domingos da Paz, General José Eduardo Leal, Vice-Almirante Barros Coutinho, Luís Bragança e Pedro Ivo Dapper

Ampliar a capacidade de gestão dos recursos educacionais. Esse é o principal objetivo da parceria entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, e o Projeto Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa.

A proposta, segundo o presidente do FNDE, Carlos Alberto Decotelli, é integrar a expertise que a autarquia possui no âmbito da execução das políticas educacionais com a capacidade de interação direta com os municípios alcançada pelos rondonistas. O Projeto Rondon é uma iniciativa de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes e professores universitários na busca de soluções para o desenvolvimento sustentável de regiões carentes, por meio de oficinas e atuação direta nas comunidades.

A parceria prevê a inclusão nos editais das missões do projeto de oficinas que contemplem temas relacionados ao FNDE e sua atuação nos estados e municípios. “O objetivo é capacitar os rondonistas para que eles formem novos agentes multiplicadores de conhecimento em todas as regiões onde irão atuar. Dessa forma, vamos fazer com que cada vez mais um número maior de cidadãos possa saber o quer é o FNDE, para que serve e como funciona”, explicou Decotelli.

Visitas de campo

No sábado, 7/6, o Diretor de Administração do FNDE, Luís Bragança, e o Assessor de Relações Institucionais da autarquia, Adalberto Domingos da Paz, acompanharam de perto o início da Operação Vale do Acre, na qual 251 rondonistas, entre estudantes e professores universitários, atenderão a 12 municípios com oficinas que envolvem as áreas de educação, saúde, esporte, meio ambiente, comunicação, entre outras.

Luís Bragança destacou a convergência entre os objetivos do FNDE e do Projeto Rondon como ponto crucial para o sucesso da parceria. “Ambos estão tratando de educação. O Rondon utilizando o nosso conhecimento para ações multiplicadoras que visam levar educação diária às pessoas e, por outro lado, nós como instrumentos de formação da educação acadêmica do cidadão brasileiro”, afirmou o diretor ao falar sobre a expectativa de capacitar professores e jovens para transmitirem os conhecimentos sobre o FNDE. “É emocionante olhar para aqueles universitários com uma esperança à flor da pele e vibrando com a chance de interagirem com as comunidades”.

Para Adalberto Domingos da Paz, a iniciativa será um benefício para a sociedade como um todo. “Temos muito a ganhar, uma vez que esses estudantes que vão até as comunidades poderão alcançar os diretores de escola, os gestores educacionais, aqueles que lidam com os recursos púbicos. Ou seja, poderão auxiliar na gestão. Também poderão ajudar no despertar da comunidade para a participação dos conselhos de alimentação, do conselho do Fundeb, das associações de escola. Todos devem estar envolvidos no planejamento, na gestão, para assim termos a capacidade de aprimorar a execução dos recursos, visto que a qualidade da educação que desejamos depende dessa boa administração do dinheiro púbico”, afirmou.

Também participaram do evento o General José Eduardo Leal, da 17ª Brigada de Infantaria de Selva; o Vice-Almirante Luiz Octávio Barros Coutinho; o Diretor de Programa do Ministério da Cidadania, Pedro Ivo Dapper; e a Decana da Corte de Justiça do Acre, Desembargadora Eva Evangelista.

No próximo sábado, Adalberto e o Diretor Financeiro do FNDE, Gilvan Batista, estarão em Teresina para acompanhar o início da operação no Piauí. A previsão é que os editais do Projeto Rondon contemplem a participação do FNDE já nas ações de janeiro de 2020.

a0d5dbab 49e3 47fe 9af9 1787ea39b0f1

Fim do conteúdo da página