Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Alfabetização

No Dia Mundial da Alfabetização, MEC e FNDE participam de debate sobre educação em tempos de pandemia

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 09 Setembro 2020 16:51
No Dia Mundial da Alfabetização, MEC e FNDE participam de debate sobre educação em tempos de pandemia

Encontro promovido pela Associação dos Prefeitos do Estado de São Paulo tratou sobre o ensino no Brasil e auxílio financeiro aos municípios nesse período

Na última terça-feira, 8 de setembro, representantes do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) participaram de um encontro on-line, promovido pela Associação dos Prefeitos do Estado de São Paulo (APREESP), para debater sobre o retorno às aulas presenciais e os recursos financeiros voltados para os municípios durante e após a pandemia de Covid-19. O evento marcou as comemorações pelo Dia Mundial da Alfabetização, celebrado no dia 8.

Representando o ministro da Educação, Milton Ribeiro, o secretário Nacional de Alfabetização do MEC, Carlos Nadalim, disse que a Secretaria entende o valor da alfabetização nas fases iniciais de aprendizado e a relevância da transmissão de conteúdos para todos. O secretário ainda lembrou a importância da Política Nacional de Alfabetização (PNA), que combate o analfabetismo absoluto e funcional em todo o Brasil.

Já o diretor de Ações Educacionais do FNDE, Garigham Amarante, que representou o presidente da autarquia, Marcelo Ponte, destacou a importância das discussões sobre o tema. “Sabemos que este é um período completamente diferente de tudo que já vivemos, e aqui no FNDE estamos prontos para ouvir a todos e buscarmos, juntos, um novo cenário para as escolas brasileiras”, afirmou o diretor.

Garigham destacou também que os projetos de alimentação escolar não pararam durante a pandemia, sendo os alunos beneficiados com kits de alimentação. O diretor participou então de uma sequência de perguntas e respostas relacionadas a investimentos escolares, programas como o PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola) e o novo projeto do PNLD Digital (Programa Nacional do Livro e do Material Didático Digital).

“Hoje, a grande novidade no FNDE é que já começamos a discutir e estudar o PNLD Digital, para podermos botá-lo em prática o quanto antes”. Garigham reiterou ainda que está à disposição para ajudar a todos que compõem o cenário escolar e que o objetivo da Diretoria de Ações Educacionais é sempre prestar apoio aos alunos, famílias e professores de todos os lugares do país.

Também participaram do encontro representantes da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Fim do conteúdo da página