Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2010

Encontro nacional deve fortalecer alimentação escolar

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 17 Novembro 2010 10:59

ASCOM-FNDE (Salvador) – Aperfeiçoar o programa de alimentação escolar e fazer chegar aos estudantes da rede pública refeições nutritivas e de qualidade. Esses são os principais objetivos do 5º Encontro Nacional do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), apontados durante a abertura do evento, ontem à noite, em Salvador. Responsável pelo programa, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) destina mais de R$ 3 bilhões por ano à compra de alimentos para os alunos de toda a educação básica.

“O programa não está pronto, mas em pleno desenvolvimento. Temos muito a melhorar e, para isso, precisamos de vocês, que são a base desse trabalho”, afirmou, na ocasião, o presidente do FNDE, Daniel Balaban. Segundo ele, um ganho fundamental foi a destinação de 30% dos recursos repassados pelo governo federal para a compra de gêneros produzidos pela agricultura familiar. Além de garantir produtos frescos e de qualidade para os estudantes, a medida é muito importante para dinamizar a economia municipal.

Cerca de 700 agentes do programa participam do encontro, entre nutricionistas, conselheiros de alimentação escolar e gestores públicos estaduais e municipais de todo o país. “Este é um excelente momento para avaliar o programa e fazer projeções para seu fortalecimento”, disse Rosane Nascimento, presidente do Conselho Federal de Nutricionistas. “O Programa Nacional de Alimentação Escolar tem um papel fundamental na construção de uma sociedade mais justa”, afirmou Renato Maluf, presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

A cooperação internacional que o FNDE presta a países que pretendem implantar programas de alimentação escolar também foi lembrada durante a abertura do encontro. O diretor regional do Programa Mundial de Alimentos (PMA) para América Latina e Caribe, Pedro Medrano, lembrou que o programa é um exemplo para outras nações. “A compra de produtos dos pequenos agricultores é uma política importante que deve ser seguida por outras nações”, disse.

Atualmente, 13 países têm acordos de cooperação técnica com o FNDE em torno da alimentação escolar, como Cabo Verde, Moçambique, Timor Leste, Colômbia, Nicarágua e Suriname.

Abertura - A apresentação dos meninos do Projeto de Iniciação Musical (PIM) emocionou os participantes na abertura do encontro nacional. O grupo é formado por crianças carentes de Salvador e propõe o resgate da cultura popular brasileira por meio da música.

O encontro segue até a próxima sexta-feira com diversas palestras e oficinas. Na tarde desta quarta-feira, o destaque é a palestra sobre a integração entre diversos ministérios, autarquias e outros órgãos do governo federal para a implementação da Lei n° 11.947/2009, mais conhecida como Lei da Alimentação Escolar.

Serviço
5º Encontro Nacional do Programa Nacional de Alimentação Escolar
Período: de 16 a 19 de novembro
Local: Hotel Pestana, Salvador, Bahia


encontro pnae salvador 2010



Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página