Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2010

Oficinas esclarecem dúvidas sobre nutrição de estudantes

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quinta, 18 Novembro 2010 18:00

ASCOM-FNDE (Salvador) – Debate, esclarecimento de dúvidas, troca de experiências e disseminação de boas práticas. Esta foi a tônica nas oficinas realizadas nesta quinta-feira, 18, durante o 5º Encontro Nacional do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e que segue até amanhã no Hotel Pestana, em Salvador (BA).

As oficinas trataram de sete temas específicos que foram discutidos de forma aprofundada, respondendo a questionamentos e cumprindo um dos objetivos principais do evento, o de aperfeiçoar a execução do programa de alimentação escolar. Os temas foram: controle social; monitoramento do programa de alimentação escolar; alimentação escolar do ponto de vista da saúde; alimentação escolar do ponto de vista da nutrição; controle de qualidade dos alimentos do programa de alimentação escolar; programas suplementares à educação; e desafios da atuação dos nutricionistas ligados à alimentação escolar no âmbito estadual.

Uma das oficinas mais concorridas foi a de controle social. Voltada para conselheiros de alimentação escolar, ensinou os presentes a fazer um planejamento estratégico das ações do CAE – órgão responsável por acompanhar toda a execução do PNAE nos municípios, desde monitorar a compra dos alimentos até verificar as refeições servidas aos estudantes da rede pública. Também foi apresentado o trabalho desenvolvido pelo Conselho de Alimentação Escolar (CAS) de Guarulhos (SP), um dos mais atuantes do país, segundo a coordenadora nacional de alimentação escolar, Albaneide Peixinho.

Na oficina de monitoramento do programa de alimentação escolar, a nutricionista Cássia Amaral esclareceu que “o monitoramento é fundamental porque permite que os municípios conheçam suas realidades, seus gargalos, e possam trabalhar soluções”.

Ela também falou da importância de os municípios manterem atualizado o sistema de monitoramento do programa do FNDE. O sistema on-line permite que os gestores insiram os dados referentes a diversos aspectos da alimentação escolar municipal, como nutrição, gestão e controle de qualidade. Com isso, o FNDE tem uma radiografia do que acontece nos municípios e pode planejar melhor as visitas de acompanhamento e as capacitações de servidores envolvidos com a merenda. Mais de 900 municípios já forneceram seus dados ao sistema. Amanhã, último dia do encontro, o principal tema é a compra da agricultura familiar para a alimentação escolar.

encontro pnae 2010


Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página