Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2012

FNDE capacita agentes escolares de Minas Gerais

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Sexta, 03 Agosto 2012 00:00

Esclarecer dúvidas dos dirigentes escolares e melhorar a execução do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Esses são os objetivos principais das visitas de monitoramento que serão realizadas por uma equipe técnica do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), na próxima semana, em escolas públicas de Rio Piracicaba (MG).

Durante a semana, os agentes do PDDE vão percorrer as unidades de ensino do município para acompanhar de perto a gestão do programa e corrigir possíveis falhas. Além disso, o FNDE promoverá capacitação na próxima sexta-feira, 10, para cerca de 60 técnicos e dirigentes envolvidos com a execução do PDDE em Rio Piracicaba e em outros quinze municípios de Minas Gerais.

Criado em 1995, o PDDE tem a finalidade de prestar assistência financeira, em caráter suplementar, às escolas da rede pública de educação básica e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos. O objetivo é promover melhorias na infra-estrutura física e pedagógica das unidades de ensino e incentivar a autogestão escolar.

Os recursos destinam-se a pequenos reparos nas unidades de ensino e à manutenção da infraestrutura do colégio. Também podem ser utilizados na compra de material de consumo e de bens permanentes, como geladeira e fogão. Ao longo dos anos, novas ações foram incorporadas e, hoje, também promove a acessibilidade nas escolas públicas e financia a educação integral.

O orçamento do programa para este ano é de R$ 1,9 bilhão. No ano passado, o FNDE repassou R$ 1,5 bilhão em benefício de 137 mil escolas.

Serviço

Visitas de monitoramento: 6 a 9 de agosto
Capacitação: 10 de agosto
Local da capacitação: Câmara Municipal de Rio Piracicaba (Avenida Dom Joaquim Silvério, nº 174, Bairro Praia,)
Municípios convidados: Sem Peixe, Dom Silvério, Alvinópolis, Bela Vista de Minas, Nova Era, São Domingos do Prata, São José de Goiabal, João Molevade, Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, Catas Altas, Barão de Cocais, Santa Bárbara, Santa Maria de Itabira e Bom Jesus do Amparo
Técnicos do FNDE: David Antonio Lustosa de Oliveira e Francisco Carlos de Carvalho

Fim do conteúdo da página