Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2013

Escolha do livro didático vai até segunda-feira

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Sexta, 09 Agosto 2013 11:52
Escolha do livro didático vai até segunda-feira

Mais de 24 mil escolas públicas já escolheram os livros didáticos que serão usados por alunos dos anos finais do ensino fundamental a partir de 2014. O número representa 48% do total de unidades de ensino que possuem alunos do 6º ao 9º ano.
Balanço do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) mostra que, até a manhã de hoje, 26 mil escolas públicas ainda não tinham selecionado os livros didáticos de seus estudantes. O prazo para a escolha vai até a próxima segunda-feira, dia 12.

O Distrito Federal é a unidade da Federação com maior percentual de escolas com a escolha efetivada (72%). Em seguida, destacam-se Santa Catarina (64%), Rio Grande do Sul (63%), Espírito Santo (62%) e São Paulo (61%). Na outra ponta, apresentam os piores índices os estados do Amapá (19%), Pará (20%) e Amazonas (31%).

Professores, diretores e coordenadores pedagógicos devem fazer a escolha no Sistema de Material Didático do FNDE, disponível em www.fnde.gov.br. Desta vez, serão selecionadas obras destinadas a alunos e professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental de todas as disciplinas: português, matemática, história, geografia, ciências e língua estrangeira (inglês ou espanhol).

As escolas precisam escolher duas opções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível negociar os livros com a editora da 1ª opção, o FNDE tenta adquirir as obras da 2ª opção.

Para ajudar na escolha, está disponível no Portal Eletrônico da autarquia o Guia de Livros Didáticos 2014, que contém resumos e informações de cada uma das obras selecionadas para o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Ao analisar o guia, os professores podem indicar os livros mais adequados ao projeto de ensino de cada escola. O FNDE disponibiliza ainda uma série de documentos de apoio, como orientações para a escolha, compromissos da escola e normas de conduta.

Após trabalhar os dados sobre os pedidos feitos por escolas públicas de todo o país, o FNDE negocia a aquisição das obras com as editoras e, em função da escala da compra, consegue preços bem abaixo dos praticados no mercado. A previsão é de comprar quase 90 milhões de exemplares em benefício de aproximadamente 13 milhões de alunos e 1 milhão de professores dos anos finais do ensino fundamental.

Os livros didáticos distribuídos pelo FNDE são confeccionados com uma estrutura física resistente para que possam ser utilizados por três anos consecutivos, beneficiando mais de um aluno. Daí a importância de conservar bem o livro.

Fim do conteúdo da página