Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

formacao pela escola 1240 247

Início do conteúdo da página

Tutoria

Para ser um tutor do Formação pela Escola é preciso conhecer os referenciais legais, o perfil necessário e as etapas de seleção. Veja, a seguir, sobre cada um desses aspectos:

Referenciais legais

  • Lei nº 11.273, de 6/2/2006: autoriza a concessão de bolsas de estudo e de pesquisa a participantes de programas de formação inicial e continuada de professores para a educação básica;
  • Resolução CD/FNDE nº 5, 9/2/2011: Aprova os critérios e procedimentos para a concessão e o pagamento de bolsas de estudo no âmbito do Programa Nacional de Formação Continuada a Distância nas Ações do FNDE (Formação pela Escola) a partir do exercício de 2011;
  • Resolução CD/FNDE nº 4, de 9/2/2011: Estabelece os critérios de implementação e execução do Programa Nacional de Formação Continuada a Distância nas Ações do FNDE (Formação pela Escola), a partir do exercício de 2011;
  • Resolução CD/FNDE nº 35, de 15/8/2012: Dispõe sobre os critérios de implementação e execução do Programa Nacional de Formação Continuada a Distância nas Ações do FNDE (Formação pela Escola), assim como estabelece os critérios e procedimentos para a concessão e o pagamento de bolsas de estudo no âmbito do Programa de acordo com o estabelecido na Lei nº 11.273/2006.

A seleção do Tutor

Perfil

a) O Tutor Municipal do Programa Formação pela Escola (FPE) deve atender aos seguintes quesitos:

  • Ser, preferencialmente, professor efetivo da Secretaria de Educação;
  • Conhecer as ações do FNDE,
  • Ter conhecimento de informática (navegação na internet e Office);
  • Conhecer e ter experiência em EaD.

b) Ele também pode ser um servidor efetivo da carreira de assistência/ apoio a educação ou estar vinculado a outras secretarias do município, com o mesmo perfil do professor (conhecer as ações do FNDE, preferencialmente conhecer e ter trabalhado com educação a distância e possuir conhecimentos de informática). Por não ser professor, NÃO receberá bolsa do Programa.

Etapas

O processo de seleção ocorrerá da seguinte forma:

  • 1ª etapa: o município efetua chamada para apresentação de currículos, para aqueles que possuam o perfil desejável;
  • 2ª etapa: o município faz uma primeira seleção, avaliando currículo e entrevista. São selecionados três candidatos;
  • 3ª etapa: os três currículos selecionados devem ser enviados para a Coordenação Estadual do FPE que, após análise escolhe a pessoa que possua o perfil mais adequado. Os candidatos selecionados serão capacitados por meio dos cursos de Tutoria e de Competências Básicas. A Coordenação Estadual monta uma turma e os convida a participar. Havendo necessidade de deslocamento para a capacitação, o FNDE fornece diárias e passagens.
Fim do conteúdo da página