Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

formacao pela escola 1240 247

Início do conteúdo da página

Histórico

O Programa Formação pela Escola iniciou suas atividades em 2006, no âmbito da Coordenação Geral de Planejamento, com objetivo de atender à necessidade de reforçar as condições para a gestão e o controle social das ações educacionais desenvolvidas pelo FNDE, no que se refere aos programas de repasses de recursos. Em sua fase piloto foram criadas 240 turmas, perfazendo um total de 8.484 matrículas e 3.962 alunos atendidos nos seguintes cursos: Competências Básicas, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), Programas do Livro (PLi) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Nessa fase, foram atendidos municípios dos estados do Ceará, Goiás, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Rondônia.

A partir 2007 o Programa foi estendido a todos os estados da federação, atendendo aos municípios priorizados pelo Ideb e que haviam feito sua adesão. Naquele ano foi capacitada ainda a rede de tutoria, composta por 34 multiplicadores, 62 orientadores educacionais e 587 tutores.

Em 2008, o programa formou 520 turmas, envolvendo 23.100 cursistas em 310 municípios.

Em 2009, o Formação pela Escola atendeu 30.917 cursistas e 319 municípios.

Em 2010, com a adesão de 3.486 municípios por meio do Plano de Ações Articuladas – PAR,  o  atendimento superou a previsão em 139%. Eram previstos  60.000 cursistas e foram atendidos 89.391.

Em 2011, o Programa atendeu 168.377 cursistas e 1.242 municípios.

Em 2012, o Formação pela Escola realizou 245.042 matrículas em 1.347 municípios.

Em 2013, o Programa atendeu 188.416 cursistas em 1.248 municípios.

Em 2014, o Formação realizou o atendimento de 221.029 cursistas e 1.438 municípios.

Em 2015, o Programa realizou 163.878 matrículas em 2.029 municípios.

Fim do conteúdo da página