Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

proinfancia 1240 247

Início do conteúdo da página

Metodologias Inovadoras (MI)

Por definição, metodologias construtivas inovadoras são as que, compostas de novos produtos e sistemas construtivos, não apresentam normas técnicas prescritivas específicas que as regulam. Normas prescritivas, entre elas NBR’s, estabelecem requisitos com base no uso consagrado de produtos ou procedimentos. Já, Normas de desempenho avaliam metodologias construtivas com base no desempenho dos sistemas e na utilização do edifício pelo usuário, independente da composição de seus produtos. Para reger a avaliação das metodologias inovadoras no Brasil já é utilizada a NBR 15.575 - Norma de Desempenho para edificações habitacionais de ate cinco pavimentos, que traduz as exigências dos usuários em termos de requisitos e critérios. Assim, as MI são mais abrangentes e englobam alguns termos comumente utilizados: painéis e elementos pré-moldados e pré-fabricados, monoblocos etc.

Com base na NBR 15.575, foram estabelecidos os requisitos e critérios para o desempenho do estabelecimento de ensino público. A utilização destes requisitos e critérios, conjuntamente com as normas prescritivas em vigor, visa o atendimento as exigências do usuário com soluções tecnicamente adequadas. São eles:

SEGURANÇA

1

DESEMPENHO ESTRUTURAL

2

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

3

SEGURANÇA NO USO E NA OPERAÇÃO

HABITABILIDADE

4

ESTANQUEIDADE

5

DESEMPENHO TÉRMICO

6

DESEMPENHO ACÚSTICO

7

DESEMPENHO LUMÍNICO

8

SAÚDE, HIGIENE E QUALIDADE DO AR

9

FUNCIONALIDADE E ACESSIBILIDADE

10

CONFORTO TÁTIL E ANTROPODINÂMICO

SUSTENTABILIDADE

11

DURABILIDADE E MANUTENIBILIDADE

12

ADEQUAÇÃO AMBIENTAL

A utilização de metodologias inovadoras visa o atendimento a três premissas básicas do processo de implantação e expansão do programa Proinfância: Custo da Construção, Tempo de execução e Qualidade da construção:

Custo da Construção – custo global da obra compatível ou menor que o preço de referência do FNDE para Estabelecimentos de Ensino Público.

Tempo de execução – finalização da obra em tempo reduzido, utilizando para tal um processo licitatório e de contratação mais eficiente e transparente e uma metodologia de projeto e construção mais rápida e limpa.

Qualidade da construção – garantia da qualidade do ambiente construído, através dos recursos oferecidos pela industrialização de construção, e da possibilidade de mensuração de requisitos de desempenho do edifício, previstos pela NBR 15575.

Veja também:

Fim do conteúdo da página