Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs - subportal

proinfancia 1240 247

Início do conteúdo da página

Projeto Tipo B

Projeto Tipo B
  • 224 Alunos
  • 991,05 m² área
  • 40 x 70 m Terreno

O FNDE, no âmbito do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil, disponibiliza o Projeto Proinfância Tipo B, modelo de projeto padrão de educação infantil.

O Projeto Proinfância Tipo B tem capacidade de atendimento de até 224 crianças, em dois turnos (matutino e vespertino), ou 112 crianças em período integral. Foi considerada como ideal a implantação das escolas do Tipo B em terreno retangular com medidas de 40m por 70m e declividade máxima de 3%.

Revisão 2013 – R03*
Arquivos Planilhas Orçamentárias
Perspectivas  
Responsabilidade Técnica  
Nota técnica BDI  
 
Projeto  
Arquivos DWG Arquivos PDF
 

Errata:

Em atenção ao Acórdão do Tribunal de Contas da União, AC-2580-38/14-P, de 1/10/2014, corrigimos a Planilha Orçamentária do Proinfância Tipo B.
Os itens atendidos do Acordão supra mencionado são os seguintes:
9.2.7.3. corrija e divulgue os reais quantitativos das planilhas orçamentárias do projeto-padrão tipo B elaborado em 2007 e do projeto-padrão tipo B revisado em 2013 para beneficiários em obras ainda em execução, alertando-os para a necessidade de adequação das quantidades contratadas às realmente necessárias para a conclusão do objeto, em observância ao art. 65, inciso I, alínea b, da Lei 8.666/93;
9.2.7.8. corrija a planilha orçamentária do projeto-padrão tipo B revisado em 2013 à Súmula 258 deste Tribunal, por meio do detalhamento de custos do serviço “castelo d‟água metálico”, até então cotado sob a unidade ―verba
Foi realizada a substituição no link “Planilha Orçamentária”, nesta página.


Revisão 2012 – R01
Arquivos Planilhas Orçamentárias
Perspectivas  
Responsabilidade Técnica  
Nota técnica BDI  
 
Projeto  
Arquivos DWG Arquivos PDF
  

*O FNDE disponibiliza sempre a ultima revisão de projeto, mais completa e atualizada, devendo esta ser utilizada para a correta execução da obra. Em caso de obras não iniciadas, a ultima revisão poderá ser utilizada por completo e em caso de obras já em andamento no momento da disponibilização da revisão, a mesma dever ser utilizada para complementação de informações faltantes e/ou atendimento a atualizações de normas técnicas.

Fim do conteúdo da página