Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2015

MEC conquista três prêmios em concurso da CGU; monitoramento de obras é um deles

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 09 Dezembro 2015 18:16
MEC conquista três prêmios em concurso da CGU; monitoramento de obras é um deles

O Ministério da Educação conquistou três prêmios no 3º Concurso de Boas Práticas, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU). Um deles é referente ao monitoramento de obras, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que foi um dos vencedores na categoria Aprimoramento dos Controles Internos. A cerimônia de premiação foi realizada nesta quarta-feira, 9, Dia Internacional contra a Corrupção, em Brasília.

O módulo Obras 2.0, do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec), mudou a maneira como as obras da educação básica são monitoradas, ao eliminar a necessidade de documentos em papel e de visitas in loco. Neste módulo, os gestores municipais inserem informações sobre todo o processo de execução das obras, incluindo fotos, a fim de subsidiar os técnicos do FNDE. A partir desta iniciativa, foi possível obter mais agilidade no tratamento das informações, de forma a dar mais transparência ao processo, e obter melhor controle sobre o repasse de recursos.

Para o ministro Aloizio Mercadante, o MEC é exemplar do ponto de vista da gestão. “O Ministério se modernizou muito e tem um padrão de gestores muito dedicados, talvez pela própria natureza da atividade e por isso estamos recebendo três prêmios”, afirmou.

Sobre a importância nos avanços do controle e na qualidade da gestão pública, o ministro da CGU, Valdir Simões, destacou o trabalho de auxílio aos órgãos na melhoria de sua gestão. “A função da CGU é definir a doutrina de controle mais adequado, disseminar essa doutrina e testar sua efetividade, atuando sempre para que os órgãos tenham instrumentos robustos de proteção, que garantam não só os resultados, mas também o cumprimento das regras”, concluiu.

Prêmio – O FNDE teve ações reconhecidas no Concurso de Boas Práticas da CGU pelo terceiro ano consecutivo, sendo este o quarto prêmio que a autarquia recebeu. No ano passado, foram premiadas duas ações: a metodologia de execução do Proinfância e o Plano de ações Articuladas (PAR), ambas na categoria Fortalecimento dos Controles Internos Administrativos. Em 2013, o Sistema de Gerenciamento de Adesão a Registro de Preços (Sigarp) recebeu o prêmio de primeiro lugar na categoria Aprimoramento dos Controles Internos Administrativos.

O concurso tem o objetivo de estimular, reconhecer e premiar iniciativas que contribuam para a melhoria da gestão pública no Poder Executivo. A seleção das melhores práticas obedece a critérios previamente estabelecidos, tais como: inovação, criatividade, simplicidade, utilidade, aplicabilidade e custo-benefício, entre outros. 

Além do FNDE, também foram premiados pelo concurso a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), na categoria aprimoramento das auditorias internas, e o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), supervisionado pelo MEC, na categoria promoção da transparência ativa e ou passiva.

Assessoria de Comunicação Social do FNDE, com informações do MEC

Fim do conteúdo da página