Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2005

Ensino baiano recebe R$ 61,5 milhões

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quinta, 08 Dezembro 2005 01:00

ASCOM-FNDE (Brasília) - O ministro da Educação, Fernando Haddad, e o governador da Bahia, Paulo Souto, assinaram no dia 7, em Salvador, termo aditivo ao convênio do Projeto Alvorada 2001, destinando R$ 28 milhões à melhoria e expansão do ensino médio na Bahia. Além disso, foi firmado convênio pelo qual o Programa de Desenvolvimento da Educação Básica (Prodeb) de 2005 repassou R$ 33,5 milhões para investimento na educação básica. No total, serão destinados R$ 61,5 milhões à educação naquele estado.
O Projeto Alvorada foi criado para atender o ensino médio nos municípios com menor índice de desenvolvimento humano (IDH) da região Nordeste, além de Rondônia, Roraima, Amapá e Tocantins, na região Norte. O Prodeb é um fundo emergencial criado em 2004 para apoiar o financiamento do ensino médio no Nordeste e no Pará. Este ano, ele passou a abranger todos os estados brasileiros.

Os recursos do termo aditivo e do convênio serão investidos na construção de 25 escolas, aquisição de material escolar, formação continuada de professores, recuperação e manutenção de unidades escolares na capital e no interior baiano.

Na ocasião, também foi assinado um termo de compromisso entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC), a Secretaria Estadual de Educação e a Fundação Distrito Brejo da Barra visando à retomada de convênio no âmbito do Programa de Expansão da Educação Profissional (Proep). Pelo novo termo, o FNDE garantirá os recursos para que a Seduc/Bahia faça uma revisão dos projetos didático e arquitetônico de uma escola em construção em Brejo da Barra e a Fundação se compromete a repassar a obra - que está paralisada há mais de dois anos - para a Secretaria.



Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Fim do conteúdo da página