Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2006

Programa de ensino profissional terá avaliação

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quarta, 30 Agosto 2006 00:00

ASCOM-FNDE (Brasília) - O Programa de Expansão da Educação Profissional (Proep) do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC) abre, em setembro, licitação internacional para contratar empresa de consultoria para realizar uma avaliação global do projeto, com foco nos resultados. A avaliação é exigência do Acordo de Empréstimo nº 1.052/0C-BR, assinado em 1997 entre o Ministério da Educação e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que deu origem ao Proep.

"Com a avaliação, poderemos saber qual foi o impacto do programa, se ele promoveu mudanças no universo educacional nacional e se é necessário direcionar a política de ensino profissional, por exemplo", afirma Leopoldo Jorge Alves Júnior, diretor de programas especiais do FNDE. Além disso, como o acordo com o BID termina em novembro, o governo federal está negociando um novo empréstimo para a continuação do programa. "A avaliação é fundamental para o BID aceitar o novo acordo", diz.

Leopoldo Alves Jr. adianta, ainda, que o Proep adotou como estratégia fazer pré-diagnósticos com a sinalização do andamento do programa nas diferentes regiões do país. Centros federais de educação tecnológica (Cefets), escolas agrotécnicas federais e escolas de ensino profissionalizante públicas e comunitárias estão sendo visitadas por consultores do FNDE, que entrevistam alunos, professores, diretores e empresários e levantam informações sobre a situação escolar e sua adequação ao mercado de trabalho local.

Os pré-diagnósticos estão disponíveis no sítio do FNDE na Internet www.fnde.gov.br, em Proep/Pré-diagnósticos 2006.

Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página