Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Alimentação escolar

FNDE representa Governo Brasileiro na Guatemala

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 24 Agosto 2018 14:23
FNDE representa Governo Brasileiro na Guatemala

Seminário Internacional de Alimentação Escolar acontece no Distrito de San Marcos

O Presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, está representando o Governo Brasileiro no II Congresso Nacional de Alimentação Escolar da Guatemala, que acontece nos dias 23 e 24 de agosto, na cidade de San Miguel Ixtahuacán, Distrito de San Marcos. O objetivo do evento é promover discussões temáticas com os diversos atores da Alimentação Escolar daquele país e todas as organizações que apoiam a implementação e o fortalecimento de seu Programa, como a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). As ações deste novo projeto preveem a colaboração do FNDE em temas que abrangem áreas diversas como alimentação escolar indígena, participação social, monitoramento e avaliação, o que tem sido muito demandado pelos governos latino-americanos.

Durante a mesa de abertura, nesta quinta-feira, 23, Pinheiro falou sobre a experiência da execução da alimentação escolar no Brasil, destacando a necessidade de garantir a alimentação como direito humano previsto na Constituição Federal, e a importância da Cooperação Sul-Sul para o fortalecimento do próprio PNAE. “O reconhecimento do PNAE no exterior vem legitimando a política pública entre seus principais atores no Brasil, ampliando a visibilidade do Programa, difundindo as boas práticas que são realizadas e garantindo o seu fortalecimento em todos os aspectos”, ressaltou.

O Presidente está acompanhado da Coordenadora Geral do PNAE, Karine Santos, que fez uma apresentação também nesta quinta-feira, 23. Karine mostrou como o Brasil vem conseguindo evoluir suas ações nas áreas de Educação Alimentar e Nutricional, e fortalecer atores fundamentais no processo como os Conselheiros de Alimentação Escolar e as merendeiras. “Estamos constatando com alegria como os Concursos de Melhores Receitas e o programa Super Merendeiras vêm contribuindo para melhorar as condições de trabalho desses profissionais. Por isso estamos realizando agora o Prêmio CAE, voltado para o reconhecimento dos Conselheiros. Tudo isso são bons exemplos para os nossos países cooperados,” destacou a Coordenadora.

Também participaram da mesa de abertura o Ministro da Educação, Oscar Lopes, o Ministro da Agricultura Mário Méndez e o Secretário Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Juan Carlos Carías Estrada, da Guatemala, além de autoridades parlamentares, membros da ONU/FAO e do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas.

Guatemala 1 PNAE

Guatemala

A Guatemala é um dos países atendidos pela Cooperação Sul-Sul Trilateral, em parceria com a FAO, no âmbito do Projeto GCP 223, que prevê o Fortalecimento de Programas de Alimentação Escolar no Marco da Iniciativa América Latina e Caribe sem Fome – 2025. O país já fazia parte do antigo Projeto GCP 180, que vigorou de 2009 até 31 de julho de 2018, por meio do qual o FNDE levou representantes técnicos para colaborar com a implementação do Programa local de Alimentação Escolar. A experiência resultou na criação das Escolas Sustentáveis (Escuelas Sostenibles), modelo que reúne com sucesso os principais aspectos do PNAE brasileiro, incluindo as ações de Agricultura Familiar.

É importante mencionar também que a Guatemala foi um dos países, de toda a cooperação internacional, que mais avançou e alcançou resultados nos últimos anos, chegando mais perto da realidade da execução do PNAE no Brasil e criando ações inovadoras como a participação das mães de alunos (Proyecto Las Madres) nas atividades escolares.

Fim do conteúdo da página