Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
FNDE

Na Amazônia, FNDE reúne gestores da educação

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quinta, 18 Julho 2019 23:38
Na Amazônia, FNDE reúne gestores da educação

Reunidos em Manaus, gestores educacionais do estado do Amazonas estão sendo orientados e atendidos nesta semana por técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O encontro começou nesta quinta-feira, 18, e ocorre até esta sexta-feira, 19, no Centro de Convenções Vasco Vasques. A iniciativa visa, entre outras questões, aprimorar o atendimento aos estudantes da Educação Básica, permitir melhor acesso dos ribeirinhos às escolas e garantir alimentação de qualidade na merenda escolar.

“A proposta é que nestes dois dias esse local seja transformado em uma sala de aula, onde haverá troca de ideias, experiências e, acima de tudo, onde poderemos fazer uma autocrítica do que vem sendo desenvolvido para que, desta forma, possamos levantar estratégias e soluções”, disse o presidente do FNDE, Carlos Alberto Decotelli, na abertura do encontro na manhã desta quinta-feira, 18, que reuniu cerca de 700 profissionais.

Decotelli explicou que o FNDE vem promovendo encontros técnicos em diversos estados brasileiros, a fim de que seja construído em conjunto um esforço didático-pedagógico que envolva todas as esferas de governo. “Começamos no Sul e vamos percorrer o Brasil, é o FNDE do Oiapoque ao Chuí”, afirmou. Citando o teórico Fröebel, nesse primeiro encontro na região Norte em 2019, o presidente levantou uma reflexão sobre a necessidade de melhor aproveitamento do conhecimento e a implicação disso no desenvolvimento da sociedade.

“Cabe aos educadores usarem a educação para extrair de dentro do ser humano as suas melhores qualidades, as suas melhores competências e não ter o ser humano como um depósito de informações continuadas”, destacou Decotelli ao comparar a teoria com a prática bem-sucedida no estado do Amazonas, que recentemente comemorou medalhas de ouro conquistadas por crianças de nove anos da rede pública de ensino nas olimpíadas de matemática do Japão.

O Governador do Estado, Wilson Miranda Lima, ressaltou que os resultados do encontro possibilitarão ajustes já de imediato. “Os técnicos do FDNE que estão aqui vêm em um momento muito oportuno, muito interessante, em que o estado do Amazonas está revendo todas as suas prioridades, estabelecendo metas, montando fluxos e corrigindo o que há muito tempo não era corrigido no estado. Essa presença do FNDE aqui é importante para que possamos encontrar meios para melhor aplicar esses recursos que são repassados e dar transparência de como nossos recursos estão sendo utilizados para melhorar o ensino no país”.

O secretário de Estado da Educação, Luíz Castro Andrade Neto, também falou sobre a necessidade de um olhar mais detalhado às ações educacionais na região Amazônica. “Nós temos nos Amazonas muitos recursos parados em conta, recursos em conta da Secretaria do Estado e das secretarias municipais de educação, das prefeituras. Temos muitos problemas na prestação de contas e dificuldades técnicas na execução de diversos programas, temos desafios imensos”, disse o secretário ao falar da importância do encontro para o esclarecimento de dúvidas dos gestores quanto a programas estratégicos do FNDE, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o Programa Dinheiro Direto da Escola (PDDE) e outros cujos recursos são repassados pela autarquia para execução dos estados e municípios em suas regiões.

A abertura do encontro também contou com a participação da vice-presidente da Assembleia Legislativa, Alessandra Campelo, e do Comandante Veras, da Capitania dos Portos da Amazônia. Os participantes foram recebidos pela Fanfarra da Escola Estadual Petrônio Portela, pelo coral da Escola Estadual Solon de Lucena e apresentação do artista Cleudilon Passarinho.

Fim do conteúdo da página