Imprimir esta página
bienal do livro

FNDE marca presença na 19º Bienal do Livro do Rio de Janeiro

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 30 Agosto 2019 18:31
FNDE marca presença na 19º Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Estande no pavilhão verde conta com espaço lúdico e expõe obras que compõem o acervo das escolas públicas

Os visitantes que passarem pela Bienal do Livro do Rio de Janeiro a partir desta sexta-feira, 30, poderão conferir de perto as obras que são distribuídas para escolas púbicas de todo o país por meio do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). A proposta do estande do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, é mostrar para a sociedade o que o PNLD tem para oferecer aos estudantes. São mais de 140 milhões de livros por ano.

A Diretora de Ações Educacionais do FNDE, Karine Santos, que participou da abertura da Bienal nesta sexta, reforçou a importância dessa aproximação com os jovens leitores, que são, tradicionalmente, o maior público durante os 10 dias de evento. " A Bienal é um espaço estratégico para formação do gosto pela leitura. E o PNLD é peça fundamental nesse processo, já que alcançamos milhões de estudantes com livros impressos, material audiovisual e até mesmo livros em braile”, afirmou a diretora.

Além dos didáticos, as escolas também receberam em 2019, pela primeira vez, cerca de 53 milhões de livros literários, tanto para acervo de biblioteca quanto para uso dos estudantes em sala de aula. Foram atendidas cerca de 90 mil escolas de educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental e ensino médio.

Acessibilidade

Outra novidade deste ano foi a distribuição de mais de 20 mil exemplares de livros impressos em braile e tinta. Pela primeira vez, estudantes cegos ou com baixa visão passaram a receber exatamente as mesmas obras que os estudantes videntes. Todas as escolas dos anos iniciais do ensino fundamental que registraram a necessidade do material foram atendidas. A iniciativa também garantiu a inserção da impressão em tinta no mesmo material braile, o que propicia a participação de outras pessoas, como os professores e familiares do aluno com deficiência visual, favorecendo não só o aprendizado, mas também a interação e socialização dos estudantes.

O estande

O espaço do FNDE na Bienal também dispõe de área para leitura e brincadeiras, onde crianças de todas as idades podem se divertir com jogos antigos que até hoje ajudam no desenvolvimento infantil, como amarelinha e jogo da velha. O estande está localizado no pavilhão 4 (verde), do Riocentro, na Barra da Tijuca/RJ.

WhatsApp Image 2019 08 30 at 18.30.29 3

WhatsApp Image 2019 08 30 at 18.30.29 4