Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
COmitê de Segurança Alimentar Mundial

Representantes do MEC e FNDE participam de Comitê de Segurança Alimentar Mundial da FAO, em Roma

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 14 Outubro 2019 15:06
Representantes do MEC e FNDE participam de Comitê de Segurança Alimentar Mundial da FAO, em Roma

A Secretária Executiva Adjunta do Ministério da Educação (MEC), Maria Fernanda Bittencourt, e a Diretora de Ações Educacionais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Karine Santos, representam o Brasil em evento sobre nutrição e segurança alimentar mundial na sede da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), na capital italiana.

O evento acontece de 14 a 18 de outubro e as decisões tomadas no âmbito do Comitê de Segurança Alimentar Mundial (CSA) da FAO formam a base das recomendações oficiais da ONU, que devem orientar as políticas públicas do tema em todas as nações signatárias. O FNDE tem participação tradicional no Comitê.

Para a secretária do MEC, o Brasil tem uma posição estratégica no CSA e a definição das orientações da FAO sobre Segurança Alimentar não poderia acontecer sem a experiência brasileira, porque é uma das mais reconhecidas no mundo. “O Plenário do CSA é a instância maior de difusão dos dados mais recentes sobre Nutrição e Alimentação no mundo. Por isso estamos aqui", explicou.

A diretora Karine Santos afirmou que é sempre uma grande expectativa a participação do FNDE no CSA da FAO, por conta da posição de liderança do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do FNDE, na cooperação internacional com outros países. “É dentro desse cenário que vamos apresentar as ferramentas inovadoras do monitoramento da Alimentação Escolar, o que deve ser recebido com muito interesse pela FAO e todas as nações que estão por aqui”, disse.

Hoje, o PNAE é reconhecido pelo Comitê como modelo de política pública a ser seguida por outros países. No dia 17 de outubro, Maria Fernanda Bittencourt e Karine Santos vão expor as inovações do programa junto com a Secretaria de Sistemas Alimentares da FAO (UNSCN), dentro da programação do CSA. O foco será nas ferramentas digitais de monitoramento do PNAE, recentemente implementadas no Brasil.

Além do MEC e FNDE, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, integra a delegação brasileira. Na plenária de abertura, nesta segunda-feira (14), Mandetta declarou que o Brasil não está mais no Mapa da Fome, mas que o governo vem acompanhando com cuidado as providências necessárias sobre o tema.

Fim do conteúdo da página