Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Financiamento Estudantil

MEC divulga informações sobre lista de espera do Fies

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do MEC
  • Sexta, 17 Abril 2020 16:48
MEC divulga informações sobre lista de espera do Fies

Mais de 20 mil estudantes que manifestaram interesse na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) estão no processo de confirmar informações junto às instituições de ensino particulares ou agências bancárias. Os processos estão suspensos também em razão da paralisação de atividades em estados e municípios.

O Fies é um programa do MEC que financia cursos superiores, em instituições particulares, a estudantes que não possuem condições de arcar com os custos.

Confira todo cronograma do Fies já realizado pelo MEC até o momento:

Inscrições – Estudantes puderam se inscrever no programa de 5 a 14 de fevereiro. Cerca de 270 mil pessoas se inscreveram para concorrer a 70 mil vagas, ou seja, quase 4 candidatos por vaga.

Resultado – O MEC divulgou a lista dos pré-selecionados para as vagas do Fies no dia 26 de fevereiro.

Registro de dados financeiros – Os pré-selecionados tiveram de 27 de fevereiro a 2 de março para complementarem as informações financeiras no sistema. Em seguida, precisaram comprovar os dados junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino na qual o candidato fará o curso e ainda à agência do agente financeiro escolhida na hora da inscrição.

Lista de espera – Quem participou da seleção, mas não foi aprovado na primeira chamada, acabou automaticamente inserido na lista de espera. De 28 de fevereiro até hoje, o MEC “rodou” três listas de espera para contemplar estudantes com vagas que não foram ocupadas na etapa principal.

O prazo foi suspenso pelo mesmo motivo do Prouni. As mais de 20 mil pessoas que aguardam a finalização desse processo não serão prejudicadas. O MEC prorrogou, por tempo indeterminado, o período de convocação da lista de espera e prorrogou também, os prazos para comprovação de dados junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino e junto à agência bancária.

Após a normalização das atividades pelo país, o MEC vai garantir novos prazos aos candidatos ao financiamento estudantil.

Fim do conteúdo da página