Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2009

Fundeb e programas educacionais recebem recursos

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 27 Novembro 2009 12:24

ASCOM-FNDE (Brasília) – A décima parcela referente à complementação da União do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) já está disponível nas contas correntes dos nove estados e municípios que não conseguiram arrecadar o valor mínimo por aluno estabelecido para este ano. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repassou R$ 283 milhões nesta quarta-feira, 25.

Os valores das parcelas por estado são: Alagoas, R$ 10.180.952,86; Amazonas, R$ 2.056.991,92; Bahia, R$ 64.894.331,10; Ceará, R$ 36.989.766,81; Maranhão, R$ 65.623.946,64; Pará, R$ 61.293.782,36; Paraíba, R$ 7.083.965,17; Pernambuco R$ 21.248.269,11 e Piauí, R$ 13.807.994,03.

Estados – O FNDE também transferiu às secretarias estaduais de educação do Acre, Ceará e Mato Grosso R$ 67.409.358,61. Desse valor, a secretaria estadual do Acre recebeu R$ 389.992,18 para aquisição de material pedagógico e R$ 2.202.552,00 para aquisição de acervo técnico do programa Brasil Profissionalizado.

A secretaria estadual do Ceará recebeu R$ 3.959.924,80 para ampliação e R$ 52.874.710,98 para construção de escola do ensino médio. A secretaria estadual de Mato Grosso recebeu R$ 8.045.178,65 para a mesma finalidade.

Os valores e as destinações dos repasses estão discriminados por ação em www.fnde.gov.br / consultas on line / liberação de recursos.

Outros repasses – Pelo programa Caminho da Escola, que financia aquisição de ônibus escolares novos, o FNDE transferiu aos municípios alagoanos de Atalaia, Jequiá da Praia, Senador Rui Palmeira e Teotônio Vilela R$ 200.970,00 para cada um. Também receberam esse mesmo valor os municípios de Humaitá, no Amazonas, e Pedro Alexandre, na Bahia.

O FNDE transferiu ainda, para a compra de ônibus escolar, R$ 341.946,00 para o município baiano de Bom Jesus da Lapa,; R$ 528.808,50 para Trairi, no Ceará, (CE) e R$ 321.106,50 para Junqueiro e Limoeiro de Anadia, em Alagoas; Rio Preto da Eva, no Amazonas, e Cabaceiras do Paraguaçu e Tucano, na Bahia.

professora escrevendo no quadro negro

 

Repórter: Lucy Cardoso

Fim do conteúdo da página