Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Fundeb

Controle sobre recursos é reforçado com capacitação

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quinta, 07 Julho 2011 18:02
Formar gestores para aprimorar a gestão e o controle dos recursos da educação. Este é o objetivo da Formação pela Escola, série de cursos a distância elaborada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que matriculou, neste primeiro semestre, 90 mil pessoas, entre gestores educacionais, professores, diretores de escola e conselheiros. Em 2010, foram 89 mil formados.

A ação Formação pela Escola visa fortalecer a atuação dos agentes e parceiros envolvidos na execução, monitoramento, avaliação, prestação de contas e controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE por meio de cursos a distância. No final do ano passado, o objetivo foi ampliado com a parceria firmada entre o FNDE e o Tribunal de Contas da União para formar os conselheiros responsáveis pelo controle social da aplicação de recursos da educação e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Para instruir os conselheiros, o FNDE lançou um novo curso: o de controle social, que engloba vários programas. Depois deste módulo inicial, os conselheiros podem fazer cursos sobre programas educacionais específicos, como alimentação e transporte. Por meio da parceria FNDE-TCU, este ano já foram matriculados 9.819 conselheiros.

“A idéia é incentivar os conselheiros a cursar os módulos referentes a cada programa”, afirma Renilda Peres de Lima, diretora de assistência a programas especiais do FNDE. Ela lembra que, ampliando a formação, os conselheiros aprofundam seu conhecimento e melhoram sua atuação no controle dos recursos destinados à educação.

Alvo – A capacitação é aberta a toda a comunidade escolar. Podem participar professores, pais de alunos, diretores, gestores municipais e estaduais. Cada curso tem duração de 40 horas, sendo oito horas de forma presencial e 32 horas a distância, por meio da plataforma Moodle.

Atualmente, são oferecidos sete cursos, ou módulos: competências básicas, que trata das políticas públicas de educação; programa Dinheiro Direto na Escola; programa de transporte escolar; programas do livro didático; Programa Nacional de Alimentação Escolar; controle social para conselheiros; e Fundeb.


professores2


Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página