Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Programas do livro

Autores divertem crianças e adultos no estande do FNDE na Bienal

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 10 Agosto 2012 18:20
Autores divertem crianças e adultos no estande do FNDE na Bienal

A programação cultural no estande do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na 22ª Bienal de São Paulo começou a todo vapor e já conquistou os freqüentadores do megaevento. As atrações do primeiro dia no auditório de 200 metros quadrados chamaram a atenção da juventude que circulava pelos enormes corredores do Anhembi. O escritor e ilustrador Ricardo Azevedo foi um dos que bateu um papo descontraído com as crianças, os jovens e os pais. Outro que arrancou gargalhadas da platéia foi o escritor Ilan Brenman.

Ricardo Azevedo contou que geralmente as pessoas perguntam como ele se inspira para escrever suas histórias, o que responde prontamente que o que realmente faz é trabalho e não inspiração, por considerar essa palavra segregadora. “Para mim, a palavra inspiração separa as pessoas entre os que têm e os que não têm inspiração.”

O livro de Ricardo Azevedo que está no acervo do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) é “O fazedor de tatuagem”, que narra a história de um garoto que desenhava em tudo que via pela frente. Desenhava no ovo, na cara da avó com Alzheimer, no gato que passava assustado, na empregada da casa, na careca do pai. O autor considera a escola o lugar ideal para aprender a soltar as idéias e deixar livre a imaginação.

Em seguida, o escritor Ilan Brenman arrancou gargalhadas de todos que estavam ansiosos aguardando para assistir sua apresentação. E ele não decepcionou. Autor de livros como “Telefone sem fio”, “Isso não é brinquedo” e “Até as princesas soltam pum”, Brenman conquistou todo mundo com seu jeito descontraído de conversar com o público. Disse que seus livros são recontos – histórias populares recontadas por ele – e fatos observados no seu cotidiano. Esses livros também estão no acervo do PNBE.

Até dia 19 de agosto, o estande do FNDE tem uma extensa programação com distribuição de livros para o público que está lotando o auditório.

Veja a programação completa do estande do FNDE

Fim do conteúdo da página