Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2007

Termina coleta de dados da pesquisa nacional do consumo alimentar de escolares

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Quarta, 08 Agosto 2007 00:00

ASCOM-FNDE (Brasília) – Até o final desta semana encerra-se a coleta total de dados da Pesquisa Nacional do Consumo Alimentar e Perfil Nutricional de Escolares, Modelos de Gestão e de Controle Social do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE. Foram entrevistados, até o momento, aproximadamente 19.000 alunos de escolas federais, estaduais e municipais, públicas e filantrópicas. É a primeira vez que uma pesquisa dessa natureza é realizada no país, possibilitando avaliar o programa em escala nacional.

O estudo foi iniciado em 2 de abril, sendo visitados mais de 700 municípios. O processo de entrevistas, em mais de 1.100 escolas de todos os estados brasileiros , foi concluído em 99,9 % dos municípios sorteados e a avaliação dos questionários vem sendo realizada desde julho. Os dados preliminares da pesquisa serão anunciados neste segundo semestre.

As perguntas enfocam desde os alimentos consumidos na alimentação escolar, a produção da alimentação, a estrutura física da escola até as ações dos Conselhos de Alimentação Escolar (CAE). Os questionários foram respondidos por alunos, professores, diretores, merendeiras e membros dos CAE. Suas respostas vão revelar o estado nutricional dos estudantes e mostrar se as recomendações nutricionais estão sendo cumpridas, por meio de cardápios equilibrados em nutrientes.

A pesquisa recebeu recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e esta sendo executada pela Associação Brasileira de Nutrição (Asbran). A instituição foi escolhida por meio de seleção pública lançada pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) em 2005.

Além do MDS, o projeto envolve ações dos ministérios da Educação (MEC), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Ciência e Tecnologia (MCT), Saúde (MS) e o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea). São co-executores as Universidades Federais de Pernambuco e do Paraná, o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) e a União Social Camiliana/Centro Universitário São Camilo. Apóiam o trabalho a Universidade de Brasília e a Universidade Federal de São Paulo, na qualidade de Centros Colaboradores em Alimentação e Nutrição Escolar do FNDE.


Assessorias de Comunicação Social do FNDE e da Finep

Fim do conteúdo da página