Imprimir esta página
2015

Ações prioritárias estão sendo cumpridas, afirma presidente

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quinta, 19 Novembro 2015 16:45
Ações prioritárias estão sendo cumpridas, afirma presidente Ascom/FNDE

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Idilvan Alencar, afirmou nesta quinta-feira, 19, que mesmo em ano de ajuste orçamentário, as prioridades de repasse de recursos para a educação básica estão sendo cumpridas. A afirmação foi feita durante encontro de gestores municipais de educação do norte de Minas Gerais, na cidade de Montes Claros, onde ocorreu a 31ª edição do Escritório FNDE.

“Um dos mais importantes programas, que é o de alimentação escolar, tem orçamento este ano de R$ 3,8 bilhões. Enquanto estamos aqui conversando, mais de 52 milhões de refeições estão sendo servidas nas escolas públicas brasileiras. A maior parte dos livros didáticos para o ano que vem já foi distribuída e o restante está prestes a ser enviado. Em outra frente, o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) regular deste ano será integralizado em dezembro. Isso sem contar as obras, como construção de creches e quadras, que estão em andamento em todo o país”, destacou Alencar.

O presidente reforçou, ainda, o apoio técnico do governo federal que tem sido prestado aos estados e municípios. Segundo ele, inúmeras prestações de contas irregulares estão sendo colocadas em dia, diversas dúvidas dos gestores educacionais estão sendo sanadas, tudo por meio do Escritório FNDE, que leva atendimento institucional individualizado aos entes que recebem recursos da autarquia por meio de diversos programas.

Desde março deste ano, 22 estados receberam este apoio, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e outras entidades que representam o setor. O total de atendimentos realizados já se aproxima de 6 mil.

Uma das que se beneficiaram com a assistência foi a secretária municipal de educação de Porteirinha (MG), que compareceu ao Escritório FNDE em Montes Claros para esclarecer dúvidas no preenchimento das informações da prestação de contas. “Quis entender, especialmente, a situação do Mais Educação: se precisaríamos fazer a prestação de contas uma única vez ou para cada parcela que foi repassada. Também aproveitei para saber sobre alguns convênios pendentes e saber mais sobre o Plano de Ações Articuladas (PAR)”, disse.