Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
2008

Prefeitos recebem Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Quarta, 10 Dezembro 2008 01:00
ASCOM-FNDE(Brasília) - Quase 20% dos municípios brasileiros – exatos 1.022 – inscreveram-se, neste ano, no Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar, promovido pela organização não-governamental Ação Fome Zero. O certame tem por objetivo destacar os prefeitos que realizam gestões criativas e responsáveis do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Na primeira edição do concurso, em 2004, o número de inscritos foi de apenas 383.

Este crescimento foi celebrado pelo empresário Antoninho Marmo Trevisan, da Ação Fome Zero, na entrega do prêmio aos 25 municípios vencedores. “Além de destacar a atuação dos prefeitos, o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar tem por objetivo disseminar estas boas práticas, para que sejam conhecidas e adotadas por outros gestores”, afirmou Trevisan. “E o aumento do número de inscrições mostra o efeito multiplicador que ele está tendo”.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a primeira-dama Marisa Letícia – presidente de honra da ONG Ação Fome Zero –, o ministro Patrus Ananias, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, e José Henrique Paim Fernandes, ministro interino do Ministério da Educação, estiveram presentes à cerimônia, realizada no início da tarde de hoje, 10, em Brasília. Na ocasião, o ministro Patrus Ananias falou da importância dos municípios para a execução das políticas públicas federais. “A merenda escolar faz parte de um projeto maior do governo federal, que é a Estratégia Fome Zero, ajudando a combater a fome e a desnutrição infantil em nosso país”.

Indicadores – Paragominas, no Pará, foi o grande vencedor, com dois prêmios: Merenda indígena e/ou quilombola (nacional) e Eficiência nutricional – Região Norte (regional). Outro destaque foi Francisco Alves, no Paraná, que ganhou os prêmios de Desempenho administrativo-financeiro e de Participação social da Região Sul. Também foram agraciados na categoria nacional os municípios de Conchal (SP), em Desenvolvimento educacional do aluno ; Rio de Janeiro (RJ), em Capitais e grandes cidades ; Pinheirinho do Vale (RS), em Pequenas Cidades ; Capitão Enéas (MG), em Semi-árido ; e Coimbra (MG), em Valorização profissional das merendeiras.

O processo de avaliação dos municípios dura oito meses e são considerados quatro grandes indicadores: desempenho administrativo-financeiro, eficiência nutricional, participação social e desenvolvimento local. Cursos de capacitação e ações da prefeitura para melhorar a atuação das merendeiras nas escolas também são considerados.

Conheça a lista completa dos premiados.



Assessoria de Comunicação Social
Fim do conteúdo da página