Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
FNDE

FNDE inicia estudos para parceria com a Casa da Moeda

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Sexta, 12 Abril 2019 19:03
FNDE inicia estudos para parceria com a Casa da Moeda

Iniciativa prevê cooperação para confecção de material gráfico e estuda aprimoramento do processo de produção dos livros didáticos

Em visita à sede da Casa da Moeda do Brasil (CMB), no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 12, o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli, discutiu a parceria para editoração de materiais impressos no âmbito da autarquia.

A reunião entre Decotelli e o presidente da CMB, Alexandre Borges Cabral, deu início aos entendimentos e estudos de viabilidade técnica e jurídica dos processos. A principal finalidade é a busca continuada da máxima integração entre as amplas competências tecnológicas disponíveis no âmbito da Casa da Moeda e os crescentes desafios do FNDE em garantir rastreabilidade, sustentabilidade, eficácia e perenidade agregada às melhores atualizações didático-pedagógicas aplicadas aos protocolos mais eficazes da gestão financeira utilizada na educação.

A primeira ação a ser desenvolvida no âmbito da parceria será a impressão do livro Gestão Estratégica das Finanças Públicas para a Educação, cujo projeto foi lançado no último dia 19 de março, em Brasília, com a participação do Diretor de Inovação e Mercado da Casa da Moeda do Brasil, Ary Vicente de Santana. A iniciativa faz parte do projeto de Gestão Estratégica e Financeira do FNDE, que objetiva, por meio de uma série de ações, estudar, avaliar e trabalhar os indicadores que envolvem a educação no Brasil.

 “O início dos entendimentos fortalecerá a continuada expansão das habilidades do Núcleo de Métodos Quantitativos do FNDE em capilarizar a aglutinação das melhores soluções permitidas ao exercício das funções executivas pelos marcos regulatórios”, afirmou Decotelli, que nesta quinta-feira, 11, já havia feito uma visita à Fábrica da CMB, em Santa Cruz/RJ.

Outro ponto discutido na reunião foi a cooperação para a produção dos livros didáticos. Hoje, por meio do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD), o FNDE distribui livros a mais de 147 mil escolas.

O projeto de parceria defende que a iniciativa pode agregar valor ao processo de produção dos livros atualmente praticado. Um exemplo seria a inserção de um código bidimensional na forma de QR Code, o que permitiria a rastreabilidade do livro desde a expedição até entrega ao ponto final, incluindo a recepção do livro pelo aluno. Outra medida seria a criação de um código que pudesse gerar conteúdos para integração do estudante, dando acesso a materiais complementares interativos, dentre outros.

presidente casa da moeda

Fim do conteúdo da página