Informáções Técnicas: Para o funcionamento de todas as funções desse portal, é necessária a utilização de JavaScript.
Sexta, 07 Dezembro 2012 16:55

Preço de ônibus escolar varia entre R$ 139 mil e R$ 250 mil

Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Onibus Escolar na estrada em area ruralEstados e municípios já podem comprar os novos ônibus do Programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As atas com os preços dos modelos foram publicadas nesta sexta-feira, dia 7, no Diário Oficial da União. Os preços variam entre R$ 139 mil e R$ 250 mil, dependendo do tamanho e das especificações dos veículos.

O ônibus rural escolar pequeno (até 29 estudantes sentados) ficou registrado em R$ 139 mil. Se for equipado com plataforma elevatória, para facilitar o acesso de cadeira de rodas no veículo, o preço vai para R$ 147,4 mil. A empresa Iveco Latin America venceu esses dois itens do pregão eletrônico do FNDE nº 50/2012.

A Marcopolo levou o item 3 do pregão. Trata-se de um ônibus pequeno com tração 4x4 e com capacidade para 23 alunos sentados. O preço ficou em R$ 196,5 mil.

O ônibus médio teve como vencedor a empresa Man Latin America. Com capacidade para 44 estudantes sentados, os preços variam de R$ 227,7 mil a R$ 237,7 mil (veículo equipado com plataforma elevatória).

Já a Mercedes-Benz do Brasil venceu o grupo de ônibus grandes, com capacidade para 59 alunos sentados. Os veículos custam R$ 240,5 mil e R$ 250,5 mil (com plataforma elevatória).

Adesão – Existem três formas para estados e municípios participarem do Caminho da Escola: com recursos próprios, bastando aderir ao pregão; por meio de financiamento do BNDES, que disponibiliza linha de crédito especial para a aquisição de ônibus zero quilômetro; ou via convênio com o FNDE. Os interessados em pedir adesão à ata de registro de preços devem acessar o Sistema de Gerenciamento de Adesão de Registros de Preço do FNDE (Sigarp), disponível no portal eletrônico da autarquia.

“Desde sua criação, em 2007, o Caminho da Escola já disponibilizou mais de 23 mil ônibus escolares a estados e municípios, sendo que mais da metade foi adquirida com recursos do governo federal”, afirma José Maria Rodrigues de Souza, coordenador-geral do programa.

Entre as especificações dos veículos, há cinto de segurança em todos os assentos e mecanismo de proibição de locomoção com a porta aberta. A largura do corredor central é mais estreita que o habitual, dificultando que os estudantes fiquem em pé nos veículos e aumentando a quantidade e o conforto dos assentos. Também têm limitador de velocidade, tacógrafo eletrônico e GPS, para garantir maior segurança aos estudantes e permitir o controle do trajeto, dos tempos de percurso e de paradas, e de consumo de combustível.

Outras características são chassi mais alto e rodas mais próximas da frente e da traseira do veículo, para melhorar a trafegabilidade e facilitar a saída de atoleiros. “Todas essas especificações garantem mais segurança e conforto aos alunos que utilizam o transporte escolar”, afirma o coordenador.

Avalie este item
(1 Votar)

Enviar notícia por e-mail

Fechar

Para enviar esta notícia basta preencher o formulário abaixo e clicar em "Enviar".

Os campos marcados com um asterisco são obrigatórios.

Fechar [x]