Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
bienal do livro

Na Bienal do Livro, FNDE debate uso de tiras em quadrinhos no ensino

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE com informações do Ministério da Educação
  • Sexta, 08 Setembro 2017 18:14
Na Bienal do Livro, FNDE debate uso de tiras em quadrinhos no ensino

Professor Paulo Ramos destacou o valor pedagógico das histórias em quadrinhos durante palestra para professores, pais e estudantes.

"É possível usar tiras e histórias em quadrinhos para quase tudo no ensino. Basta apenas querer utilizá-las e ter clareza dos objetivos a alcançar". É o que defende o jornalista e professor Paulo Ramos, que esteve  no estande do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação  (FNDE), na Bienal do Livro Rio, na tarde desta sexta-feira, 8.

O autor, especialista no universo dos quadrinhos, lançou recentemente o livro Tiras no Ensino, que traz um olhar particularizado sobre as tiras, apresentando sugestões de práticas para a sala de aula ou discussões que tem como propostas auxiliar os professores na didática. "Tenho dois objetivos com este trabalho: explicar as tiras para o leitor leigo e tentar articular essas produções com a realidade do ensino", explicou o professor, que atualmente leciona da Universidade Federal de São Paulo.

Para Denise Ramos, professora do Ciep 166 - Abílio Augusto Távora de Nova Iguaçu, a palestra ampliou seus horizontes. "Foi ótimo pra mim estar aqui hoje. As informações que recebi agregam muito à tudo que passo em sala de aula. Lido com crianças do 6° ano ao ensino e médio e descobrir que posso trabalhar com eles por meio de quadrinhos e até mesmo memes é um aprendizado muito rico, pois é uma maneira de me aproximar da realidade deles", contou a professora.

A garotada que passou pelo estande do FNDE nesta sexta também pôde participar de outras programações. Desde o início da manhã, projetos desenvolvidos na Escola Estadual Professor Josino Macedo, em Natal/RN, e nas escolas estaduais de Goiânia/GO foram apresentados às crianças do Rio de Janeiro de maneira divertida e lúdica pelas professoras Dorinha Timóteo e Glorinha Fulustreka. Também teve muita música, histórias cantadas e brincadeiras de roda sob o comando de Willian Reis e Maristella Papa, da associação amigos das histórias, de Brasília.

Neste sábado e domingo, o estande do FNDE segue com programações para todos os públicos. Clique aqui para saber os horários.

Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página