Ir direto para menu de acessibilidade.

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página

FNDE prorroga prazo para escolha dos livros que serão usados em 2020

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 16 Setembro 2019 17:13
FNDE prorroga prazo para escolha dos livros que serão usados em 2020

Professores devem selecionar obras até as 23h59 desta terça-feira, 17 de setembro

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou o prazo da escolha do livro didático para as 23h59 desta terça-feira, dia 17 de setembro. Com isso, professores, diretores e coordenadores educacionais das redes públicas de todo o país terão mais tempo para efetivar a seleção das obras no portal eletrônico do FNDE. Os livros serão usados pelos alunos dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) a partir do próximo ano letivo. As coleções devem ser selecionadas no sistema PDDE Interativo.

Para auxiliar na escolha, o FNDE disponibilizou em seu portal o Guia do Livro Didático 2020, que contém resenhas e informações das coleções aprovadas para o Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). Com o guia em mãos, docentes e demais servidores envolvidos no processo podem conhecer melhor as obras disponíveis e selecionar as mais adequadas ao processo pedagógico de cada escola. Depois disso, basta entrar no sistema eletrônico do FNDE e formalizar a escolha.

Nesta edição do PNLD, serão selecionadas coleções didáticas de todos os componentes curriculares dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano): língua portuguesa, matemática, língua inglesa, ciências, história, geografia, arte e educação física. Nos casos de língua portuguesa e arte, podem ser escolhidas coleções disciplinares separadas para cada uma dessas disciplinas ou coleções interdisciplinares, que englobam as duas matérias numa única coleção.

O registro da escolha deve ser feito pelo diretor da escola no Sistema PDDE Interativo. Caso algum diretor ainda não tenha acesso a esse sistema, deverá entrar em contato com a secretaria de educação para solicitá-lo.

Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de coleções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da 1ª opção, o FNDE negociará as obras da 2ª opção. Caso a escola não queira receber livros de algum componente, basta indicar essa intenção no sistema.

Também estão disponíveis para a escolha coleções dos chamados Projetos Integradores, que são obras didáticas com propostas pedagógicas que integram no mínimo dois componentes curriculares. Cada escola poderá escolher uma coleção de Projeto Integrador, independentemente de ter realizado escolha pelas coleções disciplinares ou interdisciplinares. Trata-se de uma opção a mais de material para as escolas.

Para facilitar o manuseio do sistema, o FNDE disponibilizou um Passo a Passo em seu portal eletrônico. Todas as informações sobre o processo de escolha estão dispostas neste material, de forma didática.

Negociação – Após trabalhar os dados sobre os pedidos feitos por escolas públicas de todo o país, o FNDE negocia a aquisição das obras com as editoras e, em função da escala da compra, consegue preços bem abaixo dos praticados no mercado.

Fim do conteúdo da página