Imprimir esta página
Dinheiro Direto na Escola

Acesse dados do PDDE no aplicativo Clique Escola

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 20 Abril 2020 18:13
Acesse dados do PDDE no aplicativo Clique Escola

A ferramenta é gratuita e pode ser utilizada por qualquer cidadão

Agora ficou ainda mais fácil acompanhar os dados do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), iniciativa que envia recursos do governo federal diretamente às instituições de ensino da educação básica pública. Os valores dos repasses, datas de pagamento e saldo em conta estão no aplicativo Clique Escola, lançado em março pelo Ministério da Educação. A ferramenta disponibiliza esses e outros números sobre escolas públicas e privadas de todo o país.

As informações disponíveis no aplicativo são importadas da base de dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC que gerencia o programa. Além das informações financeiras sobre o PDDE Básico, o App também traz todos os números referentes às ações agregadas do programa, que contribuem para manutenção e melhoria do ensino, como, por exemplo, o PDDE Acessibilidade, Água na Escola e Escola do Campo.

“Dar transparência aos dados do PDDE é fundamental para aprimorar a autogestão escolar. O objetivo é fazer com que não só os gestores da educação, mas toda a comunidade saiba quanto de recurso do governo federal está indo para suas escolas e como este dinheiro está sendo empregado”, afirma a presidente do FNDE, Karine Santos.

PDDE – O Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) tem por finalidade prestar assistência financeira para as escolas, em caráter suplementar, a fim de contribuir para manutenção e melhoria da infraestrutura física e pedagógica, com consequente elevação do desempenho escolar. Também visa fortalecer a participação social e a autoadministração, uma vez que os recursos são repassados diretamente às instituições de ensino.
Clique Escola – Além do acesso às informações, o Clique Escola se propõe a ser um meio de comunicação do MEC com as instituições, pois permite que sejam encaminhadas mensagens para as comunidades escolares de todo o país.

O aplicativo também informa a nota de cada escola no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) por ano, etapa de ensino e disciplina; distorção idade-série por ano e etapa de ensino; média de alunos por turma e por etapa de ensino; porcentagem de professores com curso superior por ano e etapa de ensino; taxas de rendimento, aprovação, reprovação e abandono, por etapa de ensino.

O aplicativo pode ser baixado pelo celular nas lojas Google Play e Apple Store.