Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Breadcrumbs

Início do conteúdo da página
Programas do livro

Estande do FNDE respira poesia na Bienal do Livro

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Segunda, 16 Agosto 2010 10:15

ASCOM-FNDE (São Paulo) A poesia tomou conta do estande do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na Bienal do Livro de São Paulo, na última sexta-feira, 13. O escritor e poeta José Santos contou como foi o processo de criação de seu livro Rimas da floresta, obra integrante do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE). “São versos sobre animais do Brasil, muitos deles, infelizmente, ameaçados de extinção”, disse.

Formada por alunos da Escola Municipal Prefeito Benedito Barbosa de Moraes, de Itaquaquecetuba, a plateia foi convidada a participar de uma oficina de rimas. “Vocês vão ver como é fácil brincar de poesia”, avisou o autor. E foi com muitas gargalhadas das crianças que todos construíram dois poemas coletivos. E de improviso. Empolgada, a professora de literatura, e também poeta, Iraci Ribeiro Pereta não apenas entrou na brincadeira como assumiu o compromisso de levar a prática para a sala de aula. “É gratificante investir na formação poética das crianças”.

À tarde, um novo grupo de alunos aprendeu técnicas de desenho com o ilustrador Jô Oliveira. O público pôde, ainda, ouvir boas histórias com Ilan Brenman e Fátima Café. Para a curadora da programação do estande do FNDE, Suzana Vargas, o contato próximo entre os autores selecionados para o PNBE e os leitores mirins é uma estratégia eficiente para a divulgação dos livros e o incentivo à leitura. “Neste ano, buscamos prestigiar novos autores nos encontros, sendo que alguns deles, inclusive, tiveram livros publicados pela primeira vez pelo PNBE”, explicou Suzana.

palestra_estande_bienal_2010
Crianças ouvem história contada pelo escritor Ilan Brenman.

 

Assessoria de Comunicação Social do FNDE

 

Fim do conteúdo da página